notícias

Aprenda a guardar o nome das pessoas

Aprenda a guardar o nome das pessoas

18

abril

Já disseram que o som do próprio nome é semelhante a uma linda canção. Mesmo que você julgue essa comparação exagerada, provavelmente deve concordar que ser chamado pelo nome é muito agradável.
Por isso, acostume-se a guardar o nome das pessoas. Esse hábito é bom para o relacionamento, para os negócios e para o sucesso de seus empreendimentos.
Muita gente sofre por não ter essa habilidade. De maneira geral, a reclamação é mais ou menos esta:
– Polito, por mais que eu tente, não consigo guardar o nome da pessoa com quem converso. Há situações em que termino de conversar sem saber o nome de quem estava falando comigo. Tenho consciência de que posso estar perdendo excelentes chances de construir novas amizades e estabelecer bons relacionamentos.
Se você também tem a mesma dificuldade para guardar nomes, siga esta regra bastante simples que dá ótimos resultados: ouça, repita e associe. Aplicando esse método tão elementar, em pouco tempo você terá resolvido definitivamente o problema.  Por isso, comece a praticar já.

    • Ouça


O problema tem origem nas apresentações. Observe como muitas pessoas não se preocupam em ouvir o nome de quem lhes é apresentado. É evidente que você não vai guardar o nome de uma pessoa se nem ao menos o ouviu. Por isso, o primeiro passo é prestar atenção no nome.
Seja obstinado nesse propósito. Se mesmo tendo prestado bastante atenção ainda assim não conseguir entender, não fique constrangido em perguntar até mais de uma vez. Pode ser que por inibição ou por hábitos culturais a pessoa ao ser apresentada a você use um volume de voz tão baixo que fica difícil entender o nome dela. Assim, se por acaso não ficou claro, pergunte até entender.

    • Repita


Após ter cumprido a primeira etapa de ouvir e entender o nome da pessoa, o passo seguinte é repeti-lo pelo menos três vezes logo no início da conversa.
Por exemplo: Antonio Carlos, quanto tempo você gastou para organizar toda a reunião? Antonio Carlos, achei bem interessante a maneira como você montou as mesas para o evento. Parece tudo muito simples agora que a sala está organizada, mas imagino o trabalho que Antonio Carlos teve para deixar tudo no lugar.
A recomendação de dizer o nome três vezes não significa que você não poderá repeti-lo novamente. Durante a conversa, se você julgar conveniente e adequado, fale o nome da pessoa até ter certeza de que conseguiu memorizá-lo.

    • Associe


Embora algumas pessoas tenham nomes incomuns, dificilmente você será apresentado a alguém que possua um nome tão estranho que nunca tenha ouvido.
Aproveite a familiaridade que você tem com o nome e, ao repeti-lo, procure associar a fisionomia da pessoa que acabou de conhecer com a de alguém que você conheça e que tenha o mesmo nome.
Para não correr o risco de esquecer, imagine uma cena inusitada e até ridícula. Por exemplo, pense que essa pessoa que você conhece, e que possui o mesmo nome, esteja sentada ou sapateando na cabeça do seu novo conhecido. Esse exagero possibilitará que você se recorde do nome mesmo muito tempo depois do encontro.
Um caso folclórico. Tive uma aluna, gerente de uma organização financeira, que não conseguia se lembrar do nome de nenhuma pessoa que lhe era apresentada, mesmo que o repetisse dezenas de vezes.
Como era muito extrovertida e brincalhona, adotou um método que a retirava de situações embaraçosas. Sempre que conversava com uma pessoa, ela a tratava de lindinho ou lindinha. Esse tratamento carinhoso funcionava quase tão bem quanto se a chamasse pelo nome.

    • O cartão de visitas ajuda a guardar nomes


Use o cartão de visitas da pessoa que você acaba de conhecer para guardar o nome dela. Se você estiver sentado à mesa, deixe o cartão à sua frente o tempo todo.
Principalmente quando diversas pessoas nos são apresentadas num encontro ou numa reunião, é prudente dispô-los sobre a mesa na direção em que o dono do cartão está sentado. Essa precaução evitará que você se esqueça do nome da pessoa já no momento em que ainda estiverem conversando.

    • Faça anotações


Os cartões de visitas são ótimos para anotações, pois geralmente um dos lados está em branco. Um bom hábito é o de escrever tudo o que puder a respeito da pessoa na primeira oportunidade que tiver. Falo isso porque se você receber muitos cartões, depois de algum tempo não se lembrará de quem se trata.
Por isso, anote no cartão a data e o local onde encontrou a pessoa, quem os apresentou, se ela tem interesse por algum assunto específico, enfim, todos os dados que julgar conveniente.

    • Superdicas da semana


• Preste atenção no nome da pessoa que acaba de conhecer
• Repita o nome dela pelo menos três vezes logo no início da conversa
• Associe a fisionomia dela com a de um velho conhecido que tenha o mesmo nome
• Imagine cenas inusitadas para fazer associações
 
• Use o cartão de visitas do novo conhecido para ter o nome dele à sua frente.      
 
Fonte: www.dicasprofissionais.com.br/aprenda-a-guardar-o-nome-das-pessoas/
 

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar